• ---
  • Máx: ?
  • Min: ?

  • ---
  • Máx: ?
  • Min: ?

Secretaria de Saúde Iomerê adota novo protocolo de atendimento para prevenir contágio pelo Coronavírus

Publicado em 23/07/2020 às 08:30 - Atualizado em 28/07/2020 às 08:29

Para conter o contágio pelo Coronavírus (Covid-19), a Secretaria de Saúde de Iomerê e a equipe multiprofissional da Unidade Básica de Saúde elaboraram novos protocolos para diminuir o fluxo e o tempo de exposição dos iomerenses dentro dos postos de saúde, bem como para melhorar e organizar o atendimento em meio a pandemia. As novas regras começaram a valer na última segunda-feira (20), porém a Secretária de Saúde, Karoline Fachini explica que se a pessoa tiver sintomas menores, como tosse ou febre leve, geralmente, não há necessidade de procurar atendimento médico. O ideal é ficar em casa, contatar a Vigilância Epidemiológica do município para orientações, monitorar os sintomas e fazer auto isolamento.

Como medida preventiva a orientação é que o paciente procure atendimento médico imediato se tiver febre alta, dificuldade de respirar ou dor/pressão no peito, mas sempre que possível, deve ligar para o posto de saúde antes de se deslocar.

Confira os protocolos de atendimento em vigor em Iomerê:

- O município criou um “gripário” -  espaço diferenciado para atendimento dos pacientes com sintomas de gripe, além dos casos monitorados, suspeitos e positivos de Covid-19, assim estes não terão contato com os usuários que estiverem na Unidade para outros atendimentos.

- Ao comparecer ao serviço de saúde, use máscara, passe álcool em gel, mantenha pelo menos 1,5 metro de distância de outras pessoas e não toque nas superfícies com as mãos.

- Atendimento do médico Clínico Geral da Unidade Básica de Saúde: os pedidos de renovação de receitas, exames em geral, e mostrar resultados de exames serão feitos após agendamento;

- Pacientes com dores, febre e outras doenças serão atendidos por ordem de chegada, tendo atendimento prioritário os pacientes de  grupos de risco.

-Atendimento do médico Ginecologista/Obstetra: atendimento tanto para gestantes quanto outras pacientes, com agendamento;

- Atendimento com médico Pediatra: recém-nascidos e crianças com dores, febre e outras doenças continuam sendo atendidos após agendamento.

- Atendimento com médico Ortopedista/Traumatologista: agendamento de pacientes;

- Atendimento Odontológico: consultas agendadas. Pacientes com dor ou emergência, se possível devem ligar para o setor antes de se deslocar;

- Farmácia: os medicamentos estão sendo dispensados por um período de 90 dias;

-Sala de Vacinas: vacinas devem ser agendadas;

-Fisioterapia: Agendamento aos usuários por ordem de urgência e emergência com atendimento limitado à 50%.

-Psicologia: Atendimento mediante agendamento;

-Nutricionista: Atendimento remoto;

- Exames preventivos de colo de útero: mediante agendamento;

- ATENÇÃO: neste momento apenas acompanhantes de crianças, pessoas com dificuldades de locomoção e idosos poderão entrar na Unidade de Saúde.

- Os pacientes deverão chegar para as consultas poucos minutos antes do atendimento para não acontecer aglomeração de pessoas.

- As pessoas idosas podem solicitar aos filhos ou alguém próximo, que não esteja no grupo de risco, para pegar receitas médicas, medicamentos e mostrar exames, entre outras necessidades, sem precisar ir ao posto.

Dúvidas sobre o novo protocolo podem ser sanadas pelos seguintes telefones:

Central: (49) 3539-6060

Agendamentos/Dúvidas: (49) 99108-9942 – ligações e whatsApp

Transporte/TFD: (49) 99173-8590 (49) 99158-7435– ligações e whatsApp


Galeria

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Prefeitura de Iomerê
Rua João Rech , 500, Centro
CEP: 89558-000
CNPJ: 01.612.744/0001-20
Telefone: (49) 3539 6000
Fax: (49) 3539 6000

GPM - Gerenciador de Portais Municipais
Sistema desenvolvido em parceria com a Federação Catarinense de Municípios - FECAM e integrado à RedeCIM - Rede Catarinense de Informações Municipais, com o apoio da AMARP.